Tálamocortex

O tálamo auditivo, o Corpo Geniculado Medial (CGM), é uma estrutura composta por vários núcleos com um papel funcional muito complexo e importante. Os seus neurónios continuam a vía auditiva enviando as suas projeções ascendentes ao córtex auditivo primário.

O Corpo Geniculado Medial

As fibras ascendentes enviadas pelos neurónios do colículo inferior (CI) alcançam os neurónios corpo geniculado medial (CGM) ipsilateral de maneira direta (fibras vermelhas). Porém os neurónios de cada um dos CGM também recebem informação do CI contralateral devido à existência duma comissura que existe entre os colículos (ver x2). Esta distribuição permite que a maioria dos neurónios dos CGMs tenham uma atividade binaural.

thalamus

P. Gil-Loyzaga

CI-CGM-Córtex auditivo

O corpo geniculado medial dos mamíferos está subdividido em três zonas principais: zona dorsal (1a), zona medial (1b) e zona ventral (1c). As zonas dorsal y medial recebem fibras das porções dorsal e externa do CI (2) e la zona ventral do núcleo central do CI (2). Os núcleos do colículo inferior recebem fibras (3) procedentes dos núcleos cocleares, do complexo olivar superior e do lemnisco lateral. Ambos os colículos inferiores estão conectados por uma comissura neural (x2) que implica que cada neurónio que projeta para o corpo geniculado medial leva informação binaural.

Funcionalmente

Os neurónios da zona ventral (1c) participam na análise da frequência, mantendo a latência das mensagens. A sua atividade electrofisiológica é muito complexa, sendo similar à dos CI. Esta zona encontra-se organizada tonotópicamente. Também se encontram neurónios que respondem à frequência de forma muito precisa e em função da intensidade percebida; No entanto, não respondem à intensidade mais elevada mas sim a uma intensidade precisa e determinada. Os neurónios de projeção deste núcleo são bipolares e projetam sobretudo para a camada IV do córtex auditivo primário.
A zona dorsal (1a) carece de estrutura laminar e de organização tonotópica; os seus neurónios não têm frequências características bem definidas e enviam projeções para o córtex auditivo secundário (camada IV). Muitos dos seus neurónios têm atividade polimodal, o que implica que respondem a várias estimulações sensoriais diferentes.

Última atualização: 2016/12/09 9:29